Sobre o projeto

Com seis, sete e oito metros de altura, respetivamente, as "três metáforas de árvore" são neste conjunto escultórico de Alberto Carneiro (1937-2017) acompanhadas de uma oliveira "verdadeira", cuja sombra a partir de agora nos abrigará no Largo de São Domingos, epicentro da cidade comercial e zona onde afluem transeuntes em direção à Ribeira.

Um arquiteto paisagista vai propor-nos dançar entre e com estas árvores, numa conversa de palavras, movimentos e sons moderada por uma das principais conhecedoras da obra do escultor e deste conjunto em particular, já que acompanhou de perto a sua conceção. Junta-se à sessão um dos engenheiros ligados à construção em granito, lembrando a frase de Carneiro: "Uma árvore é uma obra de arte quando recriada em si mesma como conceito para ser metáfora."

https://www.cm-porto.pt/cultura/agenda/tres-metaforas-de-arvores-para-uma-arvore-verdadeira-de-alberto-carneiro-um-objeto-e-seus-discursos

Outros Projetos